Nas ruas, nas praças, quem disse que sumiu?

Vídeo da TV Folha mostra o que os outros grupos que controlam a imprensa no Brasil não mostraram!
Primeiro, a agressão da polícia militar despreparada e inconsequente contra os estudantes que participavam da Marcha da Maconha.

Segundo – Vídeo que mostra que o Movimento não se intimidou e vai seguir na luta contra a censura, a violência do estado e a falsa democracia em que vivemos.

Vídeos como este mostram a necessidade do movimento estudantil na transformação da sociedade. Lutando no dia-a-dia contra a corrupção e exploração dos brasileiros.

Conheça a Enecos!

“Nas ruas, nas praças, quem disse que sumiu? Aqui está presente o movimento estudantil!”

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Dez por cento do PIB pra educação!

Atualmente, apenas 5% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil é destinado à educação. Além disso, o governo se recusa, em vários estados, a aprovar o Plano de Cargo Carreiras e Remuneração (PCCR), que traz benefícios não só financeiros, mas de qualidade no serviço.

Professores de Belém estão mobilizados.

Em Belém, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Pará (Sintepp) já fez inúmeras paralisações e está programando mais uma, caso o governo do estado não aceite negociar o PCCR novamente. O governo alega já ter aprovado o Plano, porém ele só contempla o magistério, ou seja, professores e técnicos. Mas as negociações pediam um plano universal para serventes, merendeiras e vigias, por exemplo.

Tudo isso, somado à crise na Assembléia Legislativa do Estado do Pará – ALEPA – mergulhada em escândalos de corrupção que não começaram nessa e nem na última gestão, dificultam o debate entre governo e trabalhadores. Assim, a educação vai ficando para segundo plano. Os professores em greve e, consequentemente, os alunos sem aula.

#dezporcentodopibja
Sabemos que não são só os professores que precisam de mais investimento, mas toda a infra-estrutura do ensino público como espaços físicos e segurança. Por isso, apenas 4,4% do PIB para educação já se mostrou insuficiente. E o próprio Ministro da Educação, Fernando Hadad, disse isso em entrevista à UOL News:

O ministro ressaltou o gasto de dois terços da arrecadação em pagamento de juros da dívida e da previdência e sugeriu que o governo faça um esforço adicional para coordenar os gastos públicos e priorizar a educação. “Países que priorizaram a educação deixaram, em uma geração, a condição de subdesenvolvimento.” Ele citou os exemplos do Japão no pós-guerra e da Coréia do Sul.

Retirar do estado a responsabilidade pela qualidade da educação brasileira é a principal política do Governo Lula e agora, se mostra o norte do governo Dilma, que em menos de 3 meses de governo cortou 1,3 milhões da educação. A Reforma Universitária já se mostrou falida em sua experiência na UFOPA onde fora feitas mais de 10 chamadas na vestibular porque nenhum estudante concordava com o sistema de ensino na universidade. O PROUNI começa a aparecer na mídia não mais como a expansão do ensino superior, mas em meio a fraudes gigantescas.

É por isso, que o coletivo Pará da Executiva Nacional de Estudantes de Comunicação Social – Enecos, exigem #dezporcentodopibja para a educação.

Mais informações em:
O Liberal
Envolverde
Sintepp

Publicado em Uncategorized | 3 Comentários

O concurso para Identidade Visual do Enecom foi prorrogado. Aproveita!

Atendendo a pedidos…

A Comissão Organizadora do Enecom, em reunião odinária do dia 21, decidiu prorrogar o prazo para a inscrição no concurso de Identidade Visual do Enecom Pará. O novo prazo é 12h da próxima sexta-feira, dia 27. Foram vários os motivos para isso. O primeiro é o fato de a maioria dos inscritos até o momento não terem cumprido todas as regras impostas no edital, como:

“4.2 – Além da proposta de logo, o candidato deve anexar a xerox do seu RG e um texto em PDF onde atesta a autenticidade e originalidade da proposta.”;
e
“Ter uma apresentação, cujo conteúdo seja prioritariamente inspirado no projeto político do Enecom 2011, relatando a concepção da Identidade Visual. A formatação deverá ser da seguinte maneira:
Fonte Times New Roman, corpo 12, espaçamento justificado, entre linhas 1,5cm, com no mínimo de dois parágrafos e máximo de duas laudas.
5.2 – A ficha de inscrição deverá estar devidamente preenchida
.”

Além disso, nós, da comissão organizadora local, falhamos respondendo dúvidas das pessoas interessadas com atrasos e isso pode ter impossibilitado algumas inscrições e resultou em e-mails pedindo a prorrogação.

Não deixem de ler o projeto político do Enecom Pará 2011, leiam com atenção o Edital Retificado da Identidade Visual. E não esqueçam da Ficha de inscrição.

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Faça a identidade visual do Enecom.

Está lançado o edital para o concurso da logo do Enecom Pará 2011. A partir de agora você tem a oportunidade de criar a identidade visual que estará presente no blog, twitter, bolsas, textos e todos os materiais de divulgação do encontro. Além disso, o estudante que tiver a proposta selecionada, ganhará isenção em uma inscrição completa com programação, alimentação e alojamento, no encontro. Corre que a inscrição termina no próximo dia 20.

Logo solo do Enecom 2009 - Fortaleza

A identidade visual dá a cara do encontro, por isso ela precisa estar em sintonia com seu projeto político, onde estão seus objetivos, a justificativa e sua metodologia. Esse é o critério fundamental para a escolha da proposta que será feita pela Comissão Organizadora de Belém no dia 21. O tema do Enecom deste ano é Comunicação e Movimentos Sociais – Quem não se movimenta não sente as correntes que o prendem. Você pode ler o projeto do encontro e o edital do concurso de logo, clicando aqui

O concurso além de divulgar o encontro, faz parte da proposta da Enecos que todos se sintam comissão organizadora. Mesmo de longe você pode contribuir por e-mail, dando dicas para a programação, culturais e até estrutura. Fique atento também aos editais de apresentação de trabalhos que já foram lançados e traga aquela exposição, vídeo ou artigo para o enecom e compartilhe-os com a gente!

Logo do Enecom Paraíba 2010.

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Abertas as inscrições para Artcom, Cinecom e Simpecos do Enecom Pará 2011.

Já estão abertas as inscrições para o Exposição de artes (Artcom), Exposição de conteúdo audiovisual (Cinecom ) e o Simpósio de Estudantes de Comunicação Social (Simpecos) do Enecom Pará 2011.

Para inscrever seus trabalhos basta enviar um e-mail para enecospa@gmail.com com o título [ARTCOM], [CINECOM] ou [SIMPECOS] com seu nome e sobre nome ao lado.

No corpo do e-mail colocar:

* Nome completo
* Curso/Habilitação
* Universidade e Estado.
* Comentário adicional sobre sua obra/trabalho. (Opcional)

Para o Simpecos, deve ser feita a inscrição de trabalhos de cunho acadêmico, como artigos, projetos, pesquisas, relatórios e mesmo monografias, que serão apresentados em um espaço destinado durante a programação do Enecom. Por outro lado, o Artcom e Cinecom são importantes espaços para os estudantes de comunicação social que veem na área uma oportunidade aos trabalhos artísticos. Assim, enquanto o Cinecom se destina às produções audiovisuais, o Artcom é aberto para produções em artes plásticas e visuais, como pinturas, cartazes e fotografias, que ficarão em exposição durante todo o encontro.

O Enecom é uma construção coletiva e comece agora dando sua contribuição! Inscreva seu trabalho e venha colaborar e compartilhar seu conhecimento ou expressão artística com o resto dos estudantes de Comunicação Social do país!

Não se esqueça de ler o edital do evento que escolher! Para mais informações direto com nosso e-mail.

Os editais e fichas de inscrição podem ser visualizados e baixados clik aqui

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Enecos participa do Abril Vermelho.

Um dos fatos mais trágicos da história brasileira pós-ditadura militar, o massacre de Eldorado dos Carajás, completou 15 anos no domingo, 17 de abril. O episódio, que jamais será apagado da memória das vítimas e dos envolvidos, ainda não foi superado judicialmente. No total, 19 sem-terra foram mortos e mais de 70 ficaram feridos em uma operação truculenta e atabalhoada, ordenada pelo governo do Pará e executada pela Polícia Militar. Dos 154 policiais denunciados pelo Ministério Público, no que ficou conhecido como o maior julgamento da história do Brasil, apenas dois foram condenados a pena máxima por homicídio doloso: o coronel Mário Collares Pantoja e o major José Maria Pereira. Ambos aguardam em liberdade o fim do processo por força de um habeas corpus concedido pelo ministro Cezar Peluso, do STF (Supremo Tribunal Federal), em 2005.

No Pará, entre os dias 10 a 17 de abril, o MST realizou a Semana Nacional de Luta Camponesa e Reforma Agrária no Pará, para celebrar os 15 anos do Assentamento 17 de Abril, em Eldorado dos Carajás, e relembrar os 15 anos do massacre. Atos políticos e culturais foram realizados no assentamento e no espaço do monumento na Curva do S, palco do massacre. Os sem-terra exigem que os responsáveis pelo massacre sejam presos.

Além das ocupações, os manifestantes do MST realizaram atos, debates, marchas e bloquearam estradas. Os sem-terra reivindicam o assentamento de 100 mil famílias acampadas pelo país; a criação, por parte do governo federal, de um plano de metas de assentamentos até 2014; ampliação do crédito rural aos assentados e a renegociação de dívidas; e o investimento público em infraestrutura em áreas da reforma agrária– construção de casas, escolas, hospitais, implementação de saneamento básico e criação de agroindústria.

Fala da Enecos.

Fala da Enecos no Abril Vermelho 2011

Em Belém, os trabalhadores rurais sem terra organizaram uma programação na Praça do Operário. Uma emocionante mística alusiva ao massacre foi encenada pelos trabalhadores e crianças. Depois, representantes religiosos e políticos fizeram falas de apoio ao movimento. Na ocasião, Andréa Neves, coordenadora regional da Enecos saudou os presentes e criticou o papel da mídia na criminalização dos movimentos sociais, além de fazer o convite para o Enecom.

*Texto retirado do site do MST com alterações.

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Escolhe a tua comissão e vem fazer o Enecom! :)

Para você que está afim de ser comissão organizadora do Enecom, é só escolher a sua comissão e entrar em contato com seus responsáveis. Além disso você pode deixar um comentário ou enviar um e-mail para enecospa@gmail.com com o assunto: MINHA COMISSÃO dizendo em qual comissão quer entrar. Assim, você será adicionado no grupo de e-mails do enecom2011 para saber dias e horários de reuniões, relatorias, etc.

E não esqueça, reunião geral todo o sábado no colégio IEEP. 15h.

Comissões:
1- Metodologia e programação: comissão responsável pela programação do encontro (exceto Nvs e programação cultural), pela metodologia dos espaços, etc. Contatos: Joice Souza (82968784) e Flávia Cortez (88260366);
2- Mística & cultural: Comissão responsável pelos espaços culturais, lúdicos e artísticos do Encontro. Contatos: Marielle Creão (81351341), Lana Magno (81855102) e Mel (83182352);
3- Núcleos Vivência & Articulação com Movimentos Sociais: Esta comissão articulará o Núcleo de vivências e a participação dos movimentos sociais no ENECOM.
4- Comunicação, Agitação e propaganda: Focará suas ações na divulgação do encontro, sendo responsável pelas redes sociais, mídia, etc. Contatos: João Bruno (82175035) Sávio Oliveira (82804294) e Herôn Victor (96011781);
5- Secretaria e Finanças: Comissão responsável pela campanha financeira e pela administração dos recursos financeiros do Encontro. Contatos: Josiele Soeiro (88650998);
6- Estrutura e logística: Responsável pelos materiais e espaços físicos necessários para o encontro e pela gestão destes durante o ENECOM. Contatos: Rayane Ataíde (81053160), Natássia Ferreira (88263981) e Abílio Dantas (81070352);
7-Articulação e mobilização: Cuida da mobilização dos/das estudantes, mantendo contato com os/as mobilizadores de cada estado, divulgando nas escolas, etc. Contatos: Gleici Corrêa (83483872) e Dayane (83206976).

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários